October 15th, 2010

jenanoh8

Buuh!

Eis que resurje o Miah.
Um texto que escrevi ontem pra arrumar as idéias na minha cabeça:

Pequena oração dos filhos da sorte

Quando eu chorei e sofri, quem me ajudou foram meus amigos.

Nunca fui uma pessoa de fé. Minto. Já fui uma criança que tinha fé e rezava sempre por ensinamentos paternos.

Mas depois que eu adquiri consciência própria, parei de acreditar em um deus.  Minhas idéias eram de uma entidade suprema, uma massa de energia que mantinha o universo como é. Sem ter consciência dos humanos nem nada. Só existindo.

Mas depois de ler algumas fantasias, fui levado a questionar se realmente não existe algo que olha por nós. Mas, esse algo, interferiria por nós?

Porque as pessoas sofrem? Porque as pessoas são felizes? As pessoas sentem por pessoas.

Então, esse ser supremo (não, não uso maiúsculas pra me referir a algo que só estou questionando) seria bom? Seria mal? Seria indiferente?

É possível dizer que um deus é justo, quando observamos as pessoas que sofrem nas guerras? As pessoas que não tem chance de viver? As pessoas que são jogadas nas ruas, privadas da felicidade?

Mas se nos cegarmos do maniqueísmo, uma pessoa vive nas ruas porque a sociedade criada pelos homens leva algumas pessoas a essa situação. As pessoas sofrem nas guerras porque as pessoas guerreiam. Pessoas privam pessoas da vida.

Que tipo de deus é esse, que permite que pessoas vivam felizes enquanto muitas sofrem?

Então as pessoas vão ser julgadas quando morrerem? Se me perguntarem, prefiro viver uma vida feliz e ser julgado quando morrer, a ter uma vida de sofrimento e ter toda a glória quando morrer. Afinal, pra mim isso soa como uma coleira colocada nas pessoas “menos felizes” pra que não reclamem e mantenham-se nadando em miséria.

E se estiver tudo errado? Quem traz o sofrimento são as pessoas. Só quem pode trazer a felicidade são as pessoas.

Milagres não são ações desse ser supremo, afinal, o que uma pessoa que está numa cama de hospital que teve seu câncer milagrosamente curado tem de tão extraordinário que merece ser salva, enquanto outras merecem morrer?

Eu acredito muito mais nos milagres das pessoas, que nos milagres divinos.

As pessoas julgam as pessoas. As pessoas matam as pessoas. Só as pessoas podem salvar as pessoas.

Orações não vão fazer deus olhar mais por você. Afinal, conheço ateus que são pessoas muito melhores que muitos religiosos.

Assim, acredito eu, que deus não vai lhe salvar. Quem vai lhe ajudar são as pessoas a sua volta, que nutrem sentimentos por você. O que move o mundo são os Sentimentos.

Então, se você, deus, está em algum lugar, apenas observando, vendo como os humanos se destroem e se ajudam, se está me ouvindo, peço, peço apenas que deseje que as pessoas sejam felizes.